Asakusa Samba Carnival

Postado por ás 0 comentários

     O Carnaval é uma festividade oriunda da Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C, através da qual os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 d.C. antes da Quaresma (que para o cristianismo é o período de preparação para a Páscoa).E até os tempos atuais a data continua há ser concebida conforme o calendário cristão.

     Já o carnaval moderno foi constituído pela sociedade vitoriana do século XX, onde acrescentaram á festividade, desfiles e fantasias. Sendo a cidade de Paris o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo, incluindo o Rio de Janeiro que em 1995 foi ao Guinness Book como o maior Carnaval do Mundo com públicos diários de aproximadamente 2 milhões de pessoas, já Recife entrou no mesmo, com o maior bloco de carnaval do mundo, sendo ele o bloco do Galo da Madrugada, realizado todo sábado de carnaval.
     O Japão por sua vez importou o nosso Carnaval, particularmente do Rio de Janeiro, criando o Asakusa Samba Carnival. O evento surgiu para selar ainda mais uma aliança entre os dois países e é realizado desde 1981 todo final de agosto, com exceção de 2011, por conta do Terremoto de Tohoku. Já considerado uma das maiores festividades de verão, o público é de aproximadamente 500 mil visitantes por ano, que acompanham 20 equipes (escolas de samba) numa competição de dança, regidas pela "Rainha da Bateria", mulheres escolhidas por cada escola que carregam não só a responsabilidade, mas a faixa que segue seu título e normalmente a fantasia mais luxuosas da equipe.
      As escolas tem uma própria associação, a Associação das Escolas de Samba de Asakusa (AESA), que são os responsáveis pela organização e realização do evento, além de enviarem representantes para o congresso carnavalesco em terras tupiniquins. Entre as escolas a GRES Liberdade se destaca  e é considerada uma grande força no evento, por ter sido a primeira à ter um samba-enredo composto por um carioca, o Noca da Portela, além de também serem pioneiros em importarem as fantasias brasileiras, iniciativas do ex-componente Marcello Sudoh .
    O Percurso é curto, sendo uma caminhada da Estação Tawaramachi á estação de Asakusa, passando pela rua Umamichi e a rua  Kaminarimon, perto de Templo de Sensoji. Com duração de 5 horas (13h-18h), a ASC reuni um pouco dos dois países, há barracas gastronômicas de ambos, sendo encontrado saquê e até mesmo a nossa típica caipirinha. A maioria das fantasias são importadas do Brasil, e o samba, já é um hobby bastante comum em Tokyo. Assim como o nosso, o carnaval lá é regado a muito samba, pouca roupa e alegria que contagia os visitantes há mais de 40 anos.

Vídeo do ASC de 2015:

Para mais informações sobre o evento: Japan Talk

Um ótimo carnaval para todos!


Macadores :

0 Comentários sobre: "Asakusa Samba Carnival"

Ir ao Topo